Alongamento de cílios. Perfeito né? Mas fique atenta a 4 fatores de riscos da técnica

0
862

Aquele cílios que deixa o olhar mais forte e imponente, longo, cheio e com a curvatura e o alinhamento perfeitos, que não pode faltar numa make, quem não gosta, não é mesmo?!

Antes as mulheres recorriam aos cílios postiços, mas surgiu o alongamento de cílios e tornou-se “tendência” no Brasil, primeiro fez o olhar das famosas e agora está ao alcance de todos que desejam, pois com a procura, os profissionais da área buscam formação e se aprimoram na técnica. A técnica nasceu na Ásia, ganhou popularidade nos últimos 20 anos, principalmente nos EUA, chegando ao Brasil há mais ou menos 4 anos.

Mas você sabe exatamente como funciona e quais os riscos que a técnica pode causar a sua saúde? Continue lendo para saber mais sobre o alongamento de cílios e seus possíveis riscos à saúde.

O alongamento de cílios difere em muito da aplicação de cílios postiços, sua principal diferença é a duração, permanência dos cílios. No alongamento, quando realizado por um profissional com conhecimento técnico e que utiliza de materiais de qualidade, sua duração é de 30 dias podendo chegar a 45 se forem observados os cuidados com sua manutenção e é claro se você buscar conhecer como o processo funciona e quais riscos que corre ao se aventurar neste procedimento estético.

E existem algumas diferentes técnicas de aplicação, como o fio a fio que os fios são aplicados um a um nos fios naturais podendo abranger toda a extensão do cílios ou apenas do meio para fora, deixando as pontas mais destacadas; outra técnica é o volume Russo, que oferecem mais volume pois são colados de 2 a 6 fios em um fio natural, assim a técnica também é chamada de 2D a 6D.

O Material utilizado para o alongamento não é o mesmo dos cílios postiços, é um material próprio para a técnica, fio sintético de seda ou mink. Na aplicação, o profissional deve realizar uma avaliação do desejo da cliente, do seu cílio natural e seu conjunto facial, assim, com  uma boa aplicação do visagismo é recomendado a melhor técnica para este cliente.

Deve-se observar principalmente a curvatura e espessura dos fios naturais para que a aplicação pareça bem natural. Os fios podem e devem ser penteados cuidadosamente todos os dias para manter seu alinhamento e limpeza.

Não há restrição para a realização da técnica, deve-se observar apenas se você é uma pessoa com tendência a desenvolver alergias, se tem intolerância a maquiagem e se tem problemas com lentes de contato. E é claro, como é algo aplicado aos seus cílios naturais é comum que sinta um leve desconforto no início, todavia se você já sabe que estes tipos de desconfortos são muito incômodos para você, pense bem!

Pode usar máscaras sim, todavia deve-se evitar as máscaras a prova d’água, por conta de sua remoção que é mais difícil e isso pode provocar a retirado dos fios sintéticos. Não deve-se usar demaquilantes nos olhos pois estes produtos enfraquecem o efeito da cola e provocam a retirada dos cílios “fake”. Deve-se evitar esfregar a região, como passar produtos e coçar os olhos, por exemplo.

Não se deve retira os fios sintéticos que estão caindo, a menos que estejam incomodando, o ideal é que os deixe cair naturalmente com o crescimento e/ou queda do natural.

Quando a técnica de extensão de cílios vira uma rotina de beleza e o retoque já aconteceu repetidas vezes, é preciso observar um intervalo de 30 dias, para um descanso.

Vamos então aos 4 fatores de risco desta técnica:

  1. Reação alérgica, inflamação dos cílios naturais, agressões no globo ocular – A utilização de materiais impróprios para a técnica, podem ocasionar graves problemas. Uma cola imprópria pode por exemplo, no momento de remoção retirar os fios naturais. Um fio de cílio natural demora cerca de 3 meses para nascer e se sua retira for brusca ou ocorrer diversas vezes, isso pode ser fatal.
  2. Tempo de Aplicação – A aplicação da técnica leva em média 2 horas, então se algum profissional disser que realiza com menos tempo pode ficar preocupada, uma aplicação muito rápida pode não observar os cuidados preventivos da aplicação, pode resultar numa colagem imperfeita que incomodará a visão.
  3. Perda dos fios naturais – O fios sintéticos podem caucionar a queda do natural por conta do seu peso, por isso muitos fios colados em um único fio natural de espessura fina pode facilmente derrubar o natural.
  4. Profissionais não capacitados – Um profissional sem o conhecimento técnico da aplicação de extensão de cílios pode causar sérias dores de cabeça ao cliente que busca por cílios lindos. Materiais de qualidade jamais deixará seus cílios desordenados como vemos muitos por aí.

E aí, vamos alongar os cílios? Compartilhe esta matéria com as amigas que gostariam de aplicar e com profissionais que dão um show na técnica.

FONTES:
Alongamento de cílios fio a fio: especialista esclarece 8 mitos e verdades
Saiba tudo sobre o alongamento de cílios que conquistou as famosas
Alongamento de cílios: conheça técnicas disponíveis
Alongamento de cílios: saiba o que é e como funciona